Apresentação: Curso de Pedagogia

A formação de professores para as séries iniciais vem sendo debatida constantemente nos meios acadêmicos e intelectuais, sendo alvo das políticas públicas educacionais. Nos últimos anos, o curso de Pedagogia passou por profundas transformações, com a promulgação da Lei de diretrizes e Bases 9394/96 que traz como princípios norteadores a formação de profissionais aptos a atuar na administração escolar, na coordenação e supervisão de sistemas escolares, ensino fundamental e educação infantil.

Todavia esse profissional deveria adquirir ao longo do curso conhecimentos técnicos e teóricos que lhe possibilitassem atuar dentro do princípio da gestão democrática, superando concepções de trabalho vinculadas às atividades hierárquicas e burocráticas do antigo sistema de ensino, concepção incompatível com uma sociedade moderna e democrática, evitando, assim a dicotomia entre teoria e prática.

Desse modo, o curso de Pedagogia foi organizado em habilitações, que possibilitavam aos seus egressos uma formação específica para determinadas áreas de atuação do sistema escolar, ou seja, o pedagogo estaria habilitado à administração e à supervisão do sistema de ensino e ao magistério.

Em 2006, uma resolução instituiu mudanças curriculares para graduação em Pedagogia, tendo como fim a formação de professores para a Educação Infantil e para as séries iniciais do Ensino Fundamental, nos cursos de Ensino Médio, na modalidade Normal, de Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar e em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos.

A resolução estabelece a docência como identidade profissional do pedagogo, possibilitando uma articulação dialética da teoria e da prática, fundamentando a Pedagogia como uma compreensão teórica investigativa do campo educacional, do ensino e do trabalho pedagógico que se realiza na práxis social. A docência vai dar ao educador uma visão do todo, da complexidade do sistema de ensino, indispensável para exercer o cargo de diretor ou supervisor.

A nova mudança curricular entende o trabalho pedagógico de uma forma mais ampla, valorizando e articulando dois itens fundamentais do futuro educador, a docência e a gestão dos sistemas escolares conforme esclarece o parecer CNE/CP 5/2005: “Merece, igualmente, destaque a exigência de uma sólida formação teórico-prática e interdisciplinar do Licenciado em Pedagogia, a qual exigirá, conforme mencionado anteriormente, desde o início do curso, a familiarização com o exercício da docência e gestão pedagógica” (Parecer CNE/CP, 2005, p.13).

Ao colocar a prática docente como eixo norteador do curso de Pedagogia, a resolução CNE/CP 3/2006 retorna as raízes do curso de Pedagogia, dá-lhe a identidade necessária de qualquer educador e gestor de sistema de ensino na sociedade contemporânea, fortalece o desenvolvimento e as aprendizagens das crianças dentro de uma sociedade plural, diversificada e com realidades complexa.

Essa alteração curricular foi feita para atender às deliberações 78/2008 e 98/2010 e assim atender às necessidades diagnosticadas a partir do SAEB (Sistema de avaliação da Educação Básica), isto é, a nova matriz curricular está de acordo com a realidade contemporânea e contempla algumas falhas na formação de nível médio de nossos alunos.

Além disso, ela atende ao disposto na deliberação CEE 111/2012 quanto à proposta de formação de educadores.

               O Curso de Pedagogia do IMES-SM oferece, aos futuros Profissionais, uma proposta de ensino crítico-reflexivo visando garantir um conhecimento teórico-prático e o desenvolvimento de habilidades de pensamento, além das competências necessárias ao exercício profissional. O tratamento pedagógico dos conteúdos trabalhados terá como principal meta preparar teoricamente os educandos visando fundamentar sua visão a respeito da prática observada no cotidiano escolar, por meio do desenvolvimento do espírito científico e do pensamento reflexivo.

Além desses aspectos, suscitaremos nos futuros profissionais uma postura investigativa permanente de aperfeiçoamento teórico, cultural e técnico adequada às mudanças ocorridas na sociedade no século XXI, marcadas principalmente pelas novas linguagens que vêm tomando conta da sociedade, como a internet, a robótica e a explosão de informações absorvidas em velocidade cada vez mais rápida pelos cidadãos.

Outra finalidade do curso é favorecer o trabalho de pesquisa e investigação científicas, visando ao desenvolvimento de suas potencialidades de criação em atividades de ensino, pesquisa e extensão, que compreendem além das atividades de pesquisas realizadas pelas disciplinas acadêmicas, as atividades que os discentes poderão exercer nas funções de monitoria, em tarefas de ensino e pesquisa. 

Além desses aspectos, suscitaremos nos futuros profissionais uma postura investigativa permanente de aperfeiçoamento teórico, cultural e técnico adequada às mudanças ocorridas na sociedade no século XXI, marcadas principalmente pelas novas linguagens que vêm tomando conta da sociedade, como a internet, a robótica e a explosão de informações absorvidas em velocidade cada vez mais rápida pelos cidadãos.

Outra finalidade do curso é favorecer o trabalho de pesquisa e investigação científicas, visando ao desenvolvimento de suas potencialidades de criação em atividades de ensino, pesquisa e extensão, que compreendem além das atividades de pesquisas realizadas pelas disciplinas acadêmicas, as atividades que os discentes poderão exercer nas funções de monitoria, em tarefas de ensino e pesquisa. 

Contato para mais informações: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

 

O QUE É PEDAGOGIA?

A palavra pedagogia é oriunda do grego e está relacionada com o trato educacional das crianças, pois na Grécia antiga, os pedagogos (ou a profissão que originou o pedagogo) eram os escravos que levavam as crianças que iam para as escolas naquele tempo. Por tratarem com crianças, essas pessoas desenvolveram habilidades no trato com elas que, apesar de serem escravos, tinham que saber como lidar e exercer o seu papel com essas crianças. Na atualidade, o pedagogo é o profissional especializado nos assuntos relacionados com a educação, pois a Pedagogia pode ser considerada como a ciência que estuda todos os processos sistemáticos da educação.

O que faz um pedagogo?

            O trabalho de um profissional da pedagogia está relacionado com o planejamento, a organização e o desenvolvimento de todas as atividades e todos os materiais que serão usados na área de educação. De uma maneira geral, a principal função do pedagogo seria o ensino, no entanto, o especialista dessa área pode desenvolver atividades — na área educacional — ligadas à coordenação de professores, acompanhamento e gestão de escolas, orientação e gestão de sistemas de ensino, além de outras atividades.

Outras funções de um pedagogo

O pedagogo também pode desenvolver a elaboração de materiais (livros, programas de computador, vídeos, sistemas de aprendizagem e etc.) próprios para a área educacional. Ademais, o educador pode trabalhar na formação de novos profissionais, com treinamentos e capacitação dos novos especialistas que vão ingressar no mercado e até mesmo reciclar os profissionais que já estão inseridos no ramo da educação. Portanto, como se vê, a Pedagogia tem um vasto ambiente a ser explorado pelas pessoas interessadas em estudar e ingressar nessa área de grande importância para a formação humana, afinal, todos os profissionais necessitam da ação de um pedagogo em sua formação.

Áreas de atuação dos profissionais da Pedagogia

• Consultoria e Assessoria Educacional para escolas, faculdades, cursos e etc.;
• Gestão escolar;
• Educação Especial (educação de portadores de necessidades especiais);
• Edição e criação de materiais didáticos;
• Orientação vocacional;
• Formação de ensino à distância;
• Desenvolvimento de atividades educacionais em Organizações Não-governamentais;
• Desenvolvimento de atividades educacionais e treinamentos para funcionários de empresas;
• Escola de Idiomas;
• Trabalho na área educacional de hospitais, museus e bibliotecas;
• Treinamentos na área educacional;
• Brinquedotecas e etc.

Por fim, podemos observar que a área de atuação de um pedagogo é bastante ampla e que estes profissionais podem trabalhar em instituições de ensino em geral, atuando como professor ou em áreas correlacionadas. Além de órgãos públicos de educação, podendo ser na área de planejamento, fiscalização ou mesmo na coordenação de programas públicos de educação. Temos ainda a área de treinamentos e desenvolvimento profissional, ONG´s com foco no desenvolvimento de programas sociais na área de educação, editoras visando a criação e análise de materiais da área educacional, como por exemplo, livros didáticos, museus, bibliotecas, centros culturais e etc.

 

Depoimento

Meu nome é Camila Naiara Mendes Serrão, estou no 7º semestre de Pedagogia do IMES-SM. A faculdade é de extrema importância para o meu futuro. Eu amo o curso que faço, acredito que nasci para isso e não poderia ter feito escolha melhor. No IMES aprendi muito, não somente relacionado às disciplinas, mas também coisas que irei levar para toda a vida. Os professores são atenciosos e sempre dispostos a nos ajudar, considero-os grandes amigos, além de excelentes profissionais. Estou no último ano e acredito estar bem perto de alcançar o sucesso. Agradeço a todos pelo carinho e dedicação.